Espondilolistese

A espondilolistese é um escorregamento de uma vértebra, em sua grande maioria no sentido anterior (para frente). A causa mais comum é o desgaste da cartilagem articular e dos ossos. Alguns esportes que exige alongamento constante da coluna, como a ginástica, levantamento de peso e natação, geram muito estresse na região na região lombar e por consequência, o risco de gerar microfraturas que pré-dispõe o deslocamento da vértebra é alto.

Este deslocamento vertebral pode ocasionar dor ou sintomatologia de irritação de raiz nervosa. Alguns destes sintomas são:

  • Dor lombar;
  • Dor lombar irradiada para os membros inferiores;
  • Dor nas pernas/incapacidade ao caminhar;
  • Formigamento;
  • Perda de força e coordenação dos movimentos;
  • Alteração de sensibilidade.

O exame mais comum para detectar este escorregamento é o raio-x. É através dele que podemos classificar o grau do escorregamento em relação ao segmento vertebral inferior. Estes graus são classificados da seguinte forma:

  • Grau I: escorregamento menor que 25%;
  • Grau II: escorregamento de 25-50%;
  • Grau III: escorregamento de 50-75%;
  • Grau IV: escorregamento maior que 75%.

Dependendo do grau que a pessoa se encontra, o tratamento conservador; através do fortalecimento muscular, terapia manual e eletroterapia; são recursos que visam a redução do quadro álgico e a promoção da estabilidade estática e dinâmica da coluna. Por outro lado, se este grau já for elevado e o paciente apresentar alterações de sensibilidade e força muscular, o tratamento cirúrgico pode ser o mais indicado.

Marco Aurélio Nemitalla Added
Marco Aurélio Nemitalla Added
Fisioterapeuta especialista no trato da coluna. CREFITO - 3/174706 - F Ver Currículo Lattes